PRM detém dois suspeitos de matar homens carecas para extracção de órgãos

PRM detém dois suspeitos de matar homens carecas para extracção de órgãos

0
COMPARTILHE

A Polícia de Moçambique anunciou hoje a detenção de dois homens no centro do país, indiciados pelos homicídios de três homens carecas, crimes alegadamente motivados por superstições.

Os suspeitos estão detidos em Morrumbala, província da Zambézia, e a polícia acredita que estão ligados às três mortes que ocorreram isoladamente, referiu o comandante daquela força de segurança, Afonso Dias, citado pela Rádio Moçambique.

O objetivo seria ganhar dinheiro às custas de crenças supersticiosas de algumas comunidades, segundo as quais os órgãos de pessoas calvas têm poderes para curar doenças ou dar acesso a riqueza se forem usados em determinados rituais.

As detenções acontecem depois de em maio a polícia investigar dois raptos e um homicídio de pessoas com calvície hereditária na mesma província.

Este tipo de ataques é classificado como um novo fenómeno.

“Estamos a seguir pistas de indivíduos da Tanzânia e do Maláui”, países vizinhos, “considerados os principais compradores de órgãos”, precisou à Lusa, Miguel Caetano, porta-voz do comando provincial da polícia da Zambézia.

Os ataques a pessoas calvas surgem alguns meses após um aparente abrandamento da violência contra albinos para extração de órgãos, usados também em rituais.

Fonte: Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA