Governo concede aeroporto de Nacala á gestão privada

Governo concede aeroporto de Nacala á gestão privada

0
COMPARTILHE
O Aeroporto de Nacala será gerido por entidades privadas. A decisão tomada hoje pelo Conselho de Ministros visa rentabilizar a infraestrutura.

Segundo o porta-voz do Governo, Mouzinho Saíde, a decisão visa melhorar a eficiência da infraestrutura aeroportuária e fazer com que esta consiga atrair mais companhias aéreas.

O Governo decidiu também transformar o Aeroporto de Nacala para receber voos internacionais. O porta-voz do Conselho de Ministros disse ainda haver um plano de reduzir o número de aeroportos que recebem voos internacionais, que actualmente são oito. Estas medidas serão colocadas em prática de forma faseada.

A construção do Aeroporto de Nacala já foi alvo de críticas de vários seguimentos da sociedade, entre académicos e sociedade civil, que já previam a insustentabilidade financeira da infraestrutura. Por exemplo, o economista Carlos Nuno Castel-Branco já defendeu que era necessário parar os projectos do Aeroporto de Nacala, Ematum e da Ponte Maputo KaTembe porque representam gastos enormes para o Estado e melhoram muito pouco a vida da população.

Para construir a infraestrutura – com capacidade para receber 500 mil passageiros e 5 mil toneladas de carga por ano –, foram investidos mais de 250 milhões de dólares norte-americanos.

O Conselho de Ministros também decidiu expandir o terminal de cereais da Matola, para passar a ter capacidade de armazenar 110 mil toneladas, contra as actuais 45 mil toneladas. O objectivo é permitir atracagem de navios de maior porte. O Governo decidiu ainda implantar um terminal de cereais no porto de Nacala, com capacidade para armazenar 100 mil toneladas métricas.

fonte: oPaIS

DEIXE UMA RESPOSTA